Picture
O navio de cruzeiros Piano Land, previamente conhecido, durante 24 anos, por Oriana, encontra-se de momento atracado em Southampton, onde já decorre há alguns dias, e bem encaminhada, a sua conversão. A pintura da P&O Cruises vai, aos poucos, desaparecendo, mais notavelmente a bandeira do Reino Unido, que se encontrava pintada à sua proa.

O Piano Land será utilizado para inovadores cruzeiros a partir de Xiamen, pela Well Star Travel, que planeia assim introduzir no mercado asiático um navio diferente daqueles a que se encontra habituado.

Proveniente do mercado britânico, o Piano Land trará uma lufada de ar fresco, com os cruzeiros a iniciar já na próxima Primavera. Aquando da sua estreia, este será o maior navio de cruzeiros asiático e a operar localmente. Após a queda da SkySea no ano passado, sobraram apenas duas pequenas empresas, a Bohai Ferry e a Diamond Cruise, cada uma delas a operar navios com capacidade para 838 passageiros. Sobre as caraterísticas técnicas do navio, destacar ainda as 941 cabines e 13 decks acessíveis aos passageiros. Com capacidade para atingir os 26 nós, o navio arrasta quase 70 mil toneladas de arqueação bruta e em 2018 fora renovado interiormente.