Picture
O Norwegian Joy, ontem, 11 de março, tomou rumo a Singapura, onde entrará em doca seca para ser alvo de uma renovação avaliada em 50 milhões de dólares, que o adaptará ao mercado ocidental, que servirá durante todo o ano a partir de abril. Originalmente construído para a Ásia, o anúncio do sua reposicionamento veio em 2018 e incluiu a notícia de que este seria reformado para torná-lo mais parecido com o Norwegian Bliss e o Norwegian Encore, que estreará em novembro.

A saída do Norwegian Joy da China levou a Norwegian Cruise Line a reajustar as suas posições de frota. O Norwegian Jewel, Pearl e Jade navegarão na Europa e na Australásia em 2019 e a Norwegian Spirit substituirá o Joy em tarefas asiáticas a partir do verão de 2020.

Mais perto está a primeira viagem americana do Norwegian Joy. 27 de abril de 2019 marcará o primeiro cruzeiro ao Alaska, com ida e volta de Seattle. Isto incluirá escalas em Juneau, Skagway, Ketchikan, Victoria e um dia passado no Parque Nacional Glacier Bay. Uma vez terminada a temporada do Alaska, o Norwegian Joy reposicionar-se-á em Los Angeles e navegará rumo à Riviera Mexicana. Depois, este fará uma série de cruzeiros pelo Canal do Panamá entre Miami e Los Angeles.