Picture
Picture
World Explorer, first of the class.
Picture
World Explorer and World Voyager.
As novas construções da Mystic Invest encontram-se mais do que bem encaminhadas para serem entregues a tempo e horas, nos estaleiros WestSEA, em Viana do Castelo, onde os paquetes lusitanos continuam a ganhar forma, e assim a fazer também crescer o grupo Mystic, que procura tornar-se num dos maiores do mundo a nível de expedição, no oceano.

Já entregue está, desde 2019, o World Explorer, primeiro navio da sua classe, estando agora o World Voyager em fase avançada de construção e a caminho de ser entregue já este ano, conforme inicialmente previsto. A classe estender-se-á até sete paquetes, estando o terceiro, o World Navigator, também já em boa fase de construção, onde se começa agora a ver a superestrutura tomar forma, bem encaminhado para ser entregue em 2021. A classe vai incluir ainda o World Seeker, World Traveller, World Discoverer, World Adventurer, todos a serem entregues até 2023.

Os sete paquetes tem capacidade, cada um, para duas centenas de passageiros, servidos por cerca de 130 tripulantes, levando assim a um ótimo rácio de passageiro por tripulante, assegurando que todas as necessidades do passageiro são atendidas. Com 126 metros de comprimento por 19 de largura e tonelagem estimada na ordem das 9,300 toneladas de arqueação bruta, os navios são construídos com um casco reforçado para navegação no gelo, possuindo ainda todos os certificados para fazer com que possa ter uma memorável experiencia nas águas gélidas dos pólos, e fazer escala em portos que sempre sonhou descobrir, abordo de navios distintos e confortáveis.