Picture
O navio de cruzeiros Gemini e o cruise-ferry Tanit foram fretados pelos estaleiros espanhóis de Navantia para servirem de acomodação aos trabalhadores que no próximo mês estarão envolvidos na grande transformação do navio de cruzeiros Carnival Triumph, que se tornará Carnival Sunrise após uma revitalização multimilionária, semelhante àquela que sofrera o ex. Carnival Destiny recentemente, e sofrerá o Carnival Victory em 2020.

Lançado a 30 de maio de 1991, o Gemini atravessa, novamente, um período de alguma incerteza, findado o seu mais recente contrato de frete veraneano à ETS Tur. Não se trata da primeira vez que o ex. Celestyal Nefeli, Vision Star, SuperStar Gemini e Crown Jewel é utilizado como navio de acomodação nos tempos recentes, visto que o mesmo foi fretado para semelhante uso em St. Marteen aquando dos terríveis furacões que devastaram aquela área do globo em 2018. Já o ferry Tanit, de 52 mil toneladas de arqueação bruta, entrou ao serviço em junho de 2012 após construção nos estaleiros de DSME Okpo, na Coreia do Sul. Operado pela Tunisia Ferries, este possui um comprimento de 212 metros por 30 de largura e tem estado a operar, recentemente, na linha La Goulette - Génova - Marselha.

É estimado que a transformação do ainda Carnival Triumph esteja pronta até inícios de Abril. O primeiro cruzeiro do renovado Carnival Sunrise está marcado para 29 de abril, a partir de Norfolk, Virginia, Estados Unidos da América.