Picture
O mais recente navio de cruzeiros de bandeira italiana, Costa Venezia, fez a sua estreia em Dubrovnik, Croácia, no dia 6 de março, como parte do seu cruzeiro de cinco dias pelo Mediterrâneo a partir de Trieste, na Itália.

O cruzeiro também incluiu escalas em Bari, Itália, Corfu Island, Grécia e Zadar, na Croácia. Este pode ser visto como uma "amostra" do que o Costa Venezia tem a oferecer, já que este foi entregue à Costa Cruzeiros no início deste mês e, amanhã, 8 de março, embarcará num cruzeiro de reposicionamento de 50 dias para a Ásia (que se divide em três partes, Triste-Dubai, Dubai-Singapura e Singapura-Tóquio), para atender o mercado para o qual foi construído.

Com 135.000 toneladas de arqueação bruta, 323 metros de comprimento e capacidade para pouco mais de 5.000 passageiros, o Costa Venezia, recém-entregue pela Fincantieri, é hoje o maior navio da frota da Costa Cruzeiros. Espera-se que um segundo navio, da mesma classe, seja lançado em 2020. A Costa também receberá o Costa Smeralda no final deste ano, como parte de uma expansão moderna que aumentará drasticamente a capacidade total da empresa até o início da próxima década.